Considerado a maior unidade de conservação de proteção integral, criada por município, no estado do rio de janeiro, o Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis foi criado pela prefeitura no dia 6 de julho de 2009. Ocupa uma área de 4.397 hectares e abrange parte dos bairros Salaco, Posse, Granja florestal e Campo Grande, na cidade, Santa Rita e ponte nova, no interior. Também faz limite com os municípios de Petrópolis e de são josé do vale do rio preto. Possui em seu território uma exuberante cadeia de montanhas, com destaque para as pedras da tartaruga, do camelo e do arrieiro, além de uma área rica em fauna e flora nativas da mata atlântica e várias nascentes.

O parque ainda não possui o seu plano de manejo e, portanto, não definiu o seu zoneamento. Entretanto, pela prática administrativa, está dividido em três núcleos distintos. Com acesso pelo bairro salaco, o núcleo da pedra da tartaruga possui trilhas sinalizadas, área para a prática de montanhismo e de acampamento. Os visitantes podem apreciar o fantástico visual, que abrange o centro urbano de teresópolis, a serra dos órgãos e boa parte da topografia do interior do município.

O núcleo santa rita, no 2º distrito, conta com área para atividades de educação ambiental e trilha. O acesso se dá pela rodovia br-116 (estrada rio-bahia), na altura do km 74, em frente à estação de tratamento de água da cedae; entra-se na estrada de santa rita e segue por cerca de 8 quilômetros até a sede administrativa. Já o núcleo ponte nova não é aberto à visitação. É a área mais preservada do parque, com remanescentes florestais em estágio avançado de preservação, com pouca ação antrópica e atividade econômica no entorno onde predomina a agricultura orgânica.

Com entrada franca, a visitação acontece de segunda a domingo, sendo que no núcleo da pedra da tartaruga o horário é das 8h às 17h, e no núcleo santa rita, de 9h às 16h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here